Trindade: Curto Caminho Longo (Trilha Sonora) – 1978

V.A. – Trindade, Curto Caminho Longo (OST-Música Instrumental Brasileira)
1978 Tapecar/ SOM LIVRE 611.6001

capa s

Trilha do documentário “Trindade: Curto Caminho Longo”, de Tânia Quaresma e Luiz Keller, onde os compositores Luiz Keller, Waltel Blanco, Joyce, Nivaldo Ornelas, Egberto Gismonti, Novelli, Hermeto Pascoal, Edson Maciel, Mestre Di Mola, Marcos Resende, Luiz Cláudio Ramos, Franklin da Flauta, Wagner Tiso e Sapaim, Aiupú e Aritana Yawalapiti, indígenas das etnias Kamayurá e Ywalapiti, gravaram faixas que representavam diversas imagens do Brasil.

Trechos da matéria publicada na revista Filme Cultura nº 32, fevereiro de 1979:

“Com o objetivo de deflagrar um movimento, “uma atitude dos próprios músicos que, vendo que é possível, partem para o trabalho por eles mesmos”, foi fundada a Trindade Produções Artísticas.
O projeto principiou a se tornar realidade em fevereiro de 76, com as filmagens do carnaval carioca. No mês de julho, iniciaram-se as gravações das faixas, no estúdio Vice-Versa, em São Paulo. Em setembro de 77, Trindade montou no posto Leonardo Villas-Boas, no Alto Xingu, um insólito espetáculo: a exibição do Ballet Stagium, dançando para uma plateia de mais de 800 índios o tema de Egberto Gismonti Conforme a Altura do Sol/Conforme a Altura da Lua. Em novembro de 1977, Hermeto Pascoal e Seus Músicos tocaram em plena feira de Caruaru, num espetáculo registrado em som direto. Já em setembro do mesmo ano, no dia 17, tinha sido iniciada uma série de shows no cine Ópera, do Rio, reunindo o grupo Index e os músicos/compositores Edu Lobo e Nivaldo Ornellas. No mês seguinte, dia 14, um novo show no Ópera, com Wagner Tiso, Joyce e Maurício e o grupo Azymuth. No dia 12 de novembro, tocaram Antônio Adolfo, Toninho Horta, Márcio Montarroyos e Pomoja e o grupo Mandengo. A série teve seu encerramento com um concerto na Concha Acústica da UERJ, com a participação de Wagner Tiso, Toninho Horta, Paulo Moura e a Rio Jazz Orchestra, Nivaldo Ornellas, Egberto Gismonti e Hermeto Pascoal, no dia 25 de março de 78. E, de abril a agosto, foram concluídas as filmagens e gravações. A pré-estreia nacional foi realizada no dia 20 de dezembro último.”

Faixas:
1. Trindade (Luiz Keller) 00:00
2. Minuano (Waltel Blanco) 06:33
3. Pega Leve (Joyce) 17:07
4. Memória das Minas (Nivaldo Ornelas/Marcio Borges) 21:40
5. Conforme a Altura do Sol (Egberto Gismonti) 33:05
6. Baião de Acordar (Novelli) 37:40
7. Agreste (Hermeto Pascoal) 42:44
8. Música da Manhã (Sapaim Kamayurá) 51:39
9. Mr. Keller (Edson Maciel) 54:39
10. Capoeira (Mestre di Mola) 01:00:30
11. Festa Para um Novo Rei (Marcos Resende) 01:03:45
12. Ladeira de Santo Amaro (Luiz Claudio/Franklin/Aldir Blanc) 01:14:20
13. Tragicômico (Wagner Tiso/Luiz Keller) 01:17:20

1- Wagner Tiso – teclados, arranjo e regência
Luiz Alves – baixo acústico
Jamil Joanes – baixo elétrico
Nivaldo Ornelas – sax tenor, flauta
Frederyko – guitarra solo
Paulo Braga – bateria e percussão
Luiz Keller – voz

2- Waltel Branco – violão, arranjo e regência
Santino Parquinelli – 1º violino
Jackes Nurenberg – 2º violino
Henrique Nurenberg – viola
Eugen Ranewsky – violoncello
Chico Batera – percussão
Jane Duboc – voz

3- Joyce – violão, voz e arranjo
Mauro Senise – piccolo
Toninho Horta – guitarra
Ricardo Canto – baixo acústico
Tutti Moreno – bateria
Kaito – percussão

4- Nivaldo Ornelas – flauta, violão, vocal, arranjo, regência
Frederyko – violão
Jamil Joanes – viola de 12, vocal
Wagner Tiso – teclados
Luiz Alves – baixo acústico
Paulo Braga – percussão
Luiz Keller – voz

5- Egberto Gismonti – teclados, flauta, arranjo
Mário Tavares – regência
Luiz Alves – baixo acústico
Robertinho Silva – bateria, percussão

6- Wagner Tiso – teclados, arranjo
Luiz Alves – baixo acústico
Jamil Joanes – violão
Nivaldo Ornelas – sax soprano, flauta
Paulo Braga – bateria, percussão
Luiz Keller – voz

7- Hermeto Pascoal – picolo, flauta, escaleta, arranjo, regência
Pai Pascoal – sanfona de 8 baixos
Itiberê Zwarg – baixo acústico
Heraldo do Monte – viola de 12
Cacau – saxes, flautas
Mauro Senise – saxes flautas
Raul Mascarenhas – saxes, flautas
Zé Carlos – saxes, flautas
Paulo Braga – bateria, percussão
Pernambuco – percussão
Peninha – percussão

8- Sapaim – flauta solo
Aiupú – flauta
Aritana Yawalapiti – flauta

9- Edson Maciel – trombone de vara, arranjo
João Donato – piano acústico, arranjo
Zé Rô – baixo acústico
Claudio Caribé – bateria

10- Mestre di Mola – berimbau
Walter Goulart – edição

11- Marcos Resende – teclados, arranjo
Claudio Gabis – guitarra
Oberdan Magalhães – sax, flauta
Jorge Degas – baixo elétrico
Meirelles – bateria
Marcelo Salazar – percussão

12- Luis Claudio Ramos – violões, arranjo
Franklin – flauta

13- Wagner Tiso – teclados, arranjo, regência
Luiz Alves – baixo acústico
Jamil Joanes – baixo elétrico
Frederyko – guitarra
Nivaldo Ornelas – sax tenor, flauta
Paulo Braga – bateria, percussão
Luiz Keller – voz

Capa e contracapa

capa externa

capa interna

Excelente e lisérgica trilha sonora com os maiores nomes da música instrumental do Brasil nos anos 70, disco duplo, são 2 links para baixar.

Download:

Disco 1

https://mega.co.nz/#!phgnQJSD!l7MuBAl5REKBtNff4YDr4PDK5n_iPeC73hn3XxvSO68

Disco 2

https://mega.co.nz/#!A9wB3RxD!GNMXTmXJbFlxjKj2jaS4QHfxpUc-P9gaKSBhNk7ubaY

Fiquem com Agreste, faixa do bruxo Hermeto com sua super banda

Um comentário sobre “Trindade: Curto Caminho Longo (Trilha Sonora) – 1978

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s