Buckethead – Monsters and Robots – 1999

Disco muito bom de rock experimental, funk metal, rap e outras pirações.

O bizarro e talentoso guitarrista virtuose acompanhado da cozinha do Primus (Les Claypool e Bryan Mantia) e mais Bootsy Collins, Dj Disk e outros músicos.

 

MonstersAndRobotscover.jpg

 

Monsters and Robots is Buckethead‘s fifth studio album, released April 20, 1999, by Higher Octave records. A large part of the album was co-written with Les Claypool, who also plays bass on several tracks and lends his vocals to the track «The Ballad of Buckethead».

Buckethead promoted the album by opening for Primus in October and November 1999.[2] Monsters and Robots is listed in the German National Library‘s catalog and is Buckethead’s best selling solo album to date.

Contents

 Track listing

No. Title Writer(s) Length
1. “Jump Man” Buckethead, Pete Scaturro 4:21
2. “Stick Pit” Buckethead, Les ClaypoolBryan Mantia 3:40
3. “The Ballad of Buckethead” Buckethead, Claypool, Mantia 3:59
4. “Sow Thistle” Buckethead, Steve Freeman, Bootsy Collins 4:30
5. “Revenge of the Double-Man” Buckethead, Claypool, Mantia, DJ Disk 3:34
6. “Night of the Slunk” Buckethead 5:43
7. “Who Me?” Buckethead 2:08
8. “Jowls” Buckethead, Scaturro, Mantia 4:26
9. “The Shape vs Buckethead” Buckethead, Freeman, Collins 5:40
10. “Stun Operator” Buckethead, Claypool, Mantia 4:17
11. “Scapula” Buckethead, Scaturro, Mantia 4:04
12. “Nun Chuka Kata” Buckethead, Claypool, Mantia, DJ Disk 4:30
13. “Remote Viewer #13” (Japanese edition bonus track) Buckethead, Claypool, Mantia, DJ Disk 4:18
Total length: 55:12

Notes

  • The songs “Jowls” and “Scapula” are both re-recorded versions of songs of the same names on Giant Robot (NTT).
  • The song “Night of the Slunk” has a similar riff as “Jump Man”, but longer with less distortion.
  • Version of the song “Revenge of the Double-Man”, named “Silent Scream” also appeared on the album The 13th Scroll released in 1999 by Buckethead’s side project Cobra Strike.
  • Content of the track “Revenge of the Double-Man” is a reference to an arcade game Sinistar.
  • “Scapula” uses several samples taken from the movie The Texas Chain Saw Massacre.

Personnel

Production

  • Tracks 1, 8, 11 recorded at Horn of Zeus.
    • Produced & mixed by Pete Scaturro & Rob Beaton.
    • [Jowls originally recorded by Howard Johnson @ Different Fur Recording]
    • Recording assistance on 8 by Mark Weber, on 11 by Mark Weber & Eric Ware.
  • Tracks 2, 3, 5, 7, 10, 12, 13 recorded at Rancho Relaxo studios.
  • Tracks 4 & 9 recorded at the Embalming Plant.
    • Produced by Extrakd.
  • Track 6 recorded at Orange Music.
  • Additional production on tracks 1, 4 & 9 by Bootsy Collins at Bootzilla Re-hab P-form School.
  • Mastered by Don E. Tyler at Precision Mastering.
  • A&R direction: Warren Schummer.
  • Design, illustration & photography: Dave McKean @ Hourglass.
  • Cover illustration for Buckethead No. 2: Bryan Frankenseuss Theiss.
  • Photographs on pgs. 3, 6, 7 & back inlay: Warren Schummer.
  • 3-d programming: Max MacMuffin.
  • Production manager: Gina Grimes.
  • Product marketing manager: Kenny Nemes.

 

Bootsy Collins, Buckethead, Eddie Griffin  e Snoop Dog

bucketheadplus.jpg

primus bucket.jpg

 

Download:

 

https://mega.nz/#!otpEWQoI!ditIjBZaXKo2F4j4Ro_n2h2SMahk5O9sudecsdGT78Y

 

 

Anúncios

Defalla – Fase Clássica – Discografia

DeFalla é uma banda brasileira de rock and roll formada em Porto Alegre, RS em 1984. Diz-se que foi assim batizada em homenagem ao compositor espanhol erudito Manuel de Falla (1876-1946), mas tendo em vista o senso de humor do líder Edu K e a influência direta de pós-punk do início da banda, tudo aponta para que DeFalla seja um trocadilho com a banda de Manchester The Fall. Com influências também de hard rock, rap, glam rock, heavy metal e, mais tarde, flertando com big beat, funk carioca, hardcore melódico e miami bass. A banda ficou reconhecida pelas irreverentes mudanças em suas formações, seu estilo musical e sua apresentação estética. Inseriu-se no cenário do rock inicialmente no circuito alternativo de Porto Alegre e mais tarde em São Paulo e Rio de Janeiro, sendo famosas as apresentações no Circo Voador, RJ na década de 1990, onde influenciou e abriu espaço a uma geração de músicos e bandas como Pavilhão 9, Ultramen, Nação Zumbi, Pato Fu, Mamonas Assassinas, Planet Hemp e Marcelo D2.

O resto da Biografia você ve em:

http://pt.wikipedia.org/wiki/DeFalla

Defalla -1987

DeFalla é o álbum de estreia da banda homônima DeFalla, lançado em 1987 pela gravadora Plug/BMG e produzido por Reinaldo B. Brito. Ainda com resquícios do pós-punk, notáveis na preocupação estética do álbum e na estrutura de algumas canções, o disco inovaria nos grooves e utilização de instrumentos não-convencionais no estúdio, além de efeitos como scratchs e beatbox, na época pouco se era usados no rock brasileiro até então.
Faltando aproximadamente um mês para as gravações do disco, o baixista Carlo Pianta deixa a banda, e por sugestão da Biba Meira são convidados Castor Daudt (guitarra) e Flávio Santos (baixo), na época integrantes do grupo Urubu-rei (banda que a própria Biba já havia participado, juntamente com o então tecladista Miranda).

Faixas

“Ferida” (Edu K, Flávio Santos, Paulo Sebem) – 2:45
“O que É Isso” (Edu K, Flávio Santos) – 4:23
“Sodomia” (Carlo Pianta, Edu K, Paulo Sebem) – 3:38
“Papaparty” (Biba Meira, Castor Daudt, Edu K, Flávio Santos) – 2:38
“Não me Mande Flores” (Castor Daudt, Flávio Santos, Luciene Adami) – 3:28
“Ideias Primais” (Biba Meira, Castor Daudt, Edu K, Flávio Santos) – 4:15
“Sobre Amanhã” (Castor Daudt, Edu K) – 4:39
“Alguma Coisa” (Antônio Meira, Carlo Pianta, Edu K) – 5:02
“Melô do Rust James” (Biba Meira, Castor Daudt, Edu K, Flávio Santos) – 3:09
“Jo Jo” (Biba Meira, Castor Daudt, Edu K, Flávio Santos) – 0:40
“I’m an Universe” (Edu K, Rodrigo Correia) – 2:14
“Tinha um Guarda na Porta” (Biba Meira, Carlo Pianta, Edu K, Paulo Sebem) – 3:19

Créditos
Edu K – vocal, guitarra, beatbox e scratch
Castor Daudt – guitarra, violão
Flávio Santos – baixo e moog
Biba Meira – bateria

Curiosidades
A canção “Trashman” foi gravada com duas baterias, uma para cada lado do estéreo. De um lado Biba Meira (baterista original) e do outro Castor Daudt (baterista/guitarrista original). Sendo lançada apenas em 1990, no álbum We Give a Shit;
“Rusty James” é personagem do filme Rumble Fish (1983) de Francis Ford Coppola.

Download:

 

https://mega.nz/#!V8hQXCAT!tknFWJr3_q5YyiuY_JofdeZ0ixVb3xjmaRBjzsNiVKw

 

 

DeFalla (volume 2) – 1988

DeFalla (conhecido também como It’s Fuckin’ Borin’ to Death) é o segundo álbum de estúdio da banda gaúcha DeFalla, lançado em 1988 pela gravadora Plug/BMG e produzido por Reinaldo B. Brito.
Seguindo a mesma formação e com sonoridade um tanto similar ao disco anterior, em comparação com o que a banda viria a ousar nos trabalhos seguintes, o álbum de 1988 inova na presença de samplers e aproximar-se do groove, funk e hip hop, tendências em atualidade na época. As canções em inglês tornam-se mais presentes, dividindo as letras em duas línguas. O visual pós-punk cede espaço para uma estética mais experimental, com o uso de fantasias, acessórios chamativos e perucas, como The B-52’s na época da new wave. É o último disco com Biba Meira na bateria, que cederia a vaga ao então guitarrista Castor Daudt.

Faixas

Todas as canções foram compostas por Edu K, Castor Daudt, Flávio Santos e Biba Meira, exceto quando notado.
“Como Vovó Já Dizia” (Paulo Coelho, Raul Seixas) – 2:55
“Revolution” (Lennon/McCartney) – 3:07
“Repelente” – 2:56
“(Gotta Hold) My Five Years Old” – 2:32
“I Have to Sing a Song” – 3:09
“Chinatown” – 0:57
“Metallica” (Hetfield, Ulrich, Burton, Hammett) – 0:34
“It’s Fuckin’ Borin’ to Death” – 3:16
“Satã (É Coisa do Demo)” – 2:56
“Kiss the Chain Saw” – 3:44
“36 Donald Dicks” – 2:51
“The Woke of Jo” – 1:46
“I Was Trying to Shoot a Gun” – 1:35
“Hey Girl” – 1:38

Créditos

Edu K – vocal, guitarra, beatbox e scratch
Castor Daudt – guitarra, violão, bateria
Flávio Santos – baixo e moog
Biba Meira – bateria

Curiosidades:

A canção “It’s Fuckin’ Borin’ to Death” refere-se ao filme Full Metal Jacket de Stanley Kubrick;
A vinheta Metallica, traz trechos de guitarra do clássico Master of Puppets do Metallica;
“Revolution” inicialmente seria uma releitura da música de mesmo nome dos Beatles, mas ficou tão diferente da original que o grupo assumiu-a como canção própria;
Há controvérsias a respeito do nome do álbum. A gravadora e boa parte dos veículos de comunicação apontam-o apenas como álbum homônimo, apesar de estar escrito “It’s Fuckin’ Borin’ to Death” na lombada do vinil e alguns integrantes confirmarem esse título.
Na gravação do programa “Claro Q É Rock”, apresentado por Roberto Frejat e veiculado pelo canal Multishow em 2006, o guitarrista John Ulhoa (da banda Pato Fu) executou, entre outros covers, uma versão de “It’s Fuckin’ Borin’ to Death”.

Samples:
“Como Vovó Já Dizia” – recorte da música original de Raul Seixas com mudança nos arranjos;
“(Gotta Hold) My Five Years Old” – fala de Dennis Hopper no filme Blue Velvet de David Lynch;
“Revolution” – recorte da música homônima dos Beatles com tonalidade e velocidade distorcidas;
“Kiss the Chain Saw” – trechos de áudio diversos do filme The Texas Chain Saw Massacre;
“Hey Girl” – uma mescla de hip hop com a música “Entra Nessa” da também gaúcha TNT.

Download:

 

https://mega.nz/#!4oIDGToC!iO26XRYu6HUW1qVQsz_lzIWaNCxUnOsXN4IcRdllRwE

 

Screw You -1989

Screw You é o terceiro disco da banda gaúcha Defalla (1989), ´produzido por Big Bang e Carlos Eduardo Miranda.
Gravado ao vivo na casa paulista Dama Xoc e lançado pela gravadora independente Devil Discos.
É o primeiro disco da banda com composições somente em inglês, com sonoridade notavelmente inspirada na hard rock oitentista e também marcado pela saída de Biba Meira (Castor Daudt assume a bateria) e entrada de Marcelo Truda (ex-Tanaratiriça) na guitarra.
As canções “Rock N’ Roll” e “Smokin’ in the Boys Room” são respectivamente covers das bandas Led Zeppelin e Motley Crue. “Hey Don’t Send Me Flowers” é uma regravação da música “Não Me Mande Flores” do primeiro disco do Defalla, “Papaparty” de 1987.

Formação:

Edu K (voz e guitarra);
Flávio Santos (baixo);
Castor Daudt (bateria);
Marcelo Truda (guitarra).

Faixas

“Screw You!(Susy Doll)”(Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Useless Babe” (Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Fuckawall” (Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Speedy Weels” (Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Smokin´In The Boys Room” (Cubkoda/Michael Lutz)
“Big Black Goat”(Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Tasmanian Devil” (Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Holly Trash”(Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Crazy Weight”(Flávio Santos/Marcelo Truda/Castor Daudt/Edu K)
“Hey! Don´t Send Me Flowers”(Flávio Santos/Luciene Adami/Edu K)
“Rock´N Roll”Robert Plant/Jimmy Page/John Bonham/J.P.Jones)

Curiosidade:

O Encarte de ‘Screw You’ – uma colagem com recortes pornôs e personagens em quadrinhos como Zé Carioca, Pato Donald, etc – teve que ser impresso em uma gráfica responsável por revistas pornográficas, já que a de discos recusou. O LP também teve de ser lançado em um envelope de papel pardo com ilustração do cartunista Jaca. A colagem de Edu K foi eleita pelos críticos da revista Bizz a capa do ano.

Download:

 

https://mega.nz/#!JxpSwbSQ!tbRrz4ScMWZscD23IhSlE0uf7BxNP7nHkiMAfga-Xmw

 

 

We Give a Shit – 1990

Disco totalmente Thrash Metal

Quarto disco da banda brasileira Defalla, lançado pela Cogumelo Records (1990).
Para as gravações a banda assume um powertrio, com Edu K voltando as guitarras. Como indica a escolha da ‘Cogumelo’ (gravadora responsável pelos primeiros LPs do Sepultura), a sonoridade está mais pesada que os outros discos.
O álbum abre com uma vinheta de “Era um Garoto que como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones” (música dos Incríveis, na época regravada pelos Engenheiros do Hawaii) seguida de sonoras vaias e xingamentos.
em ‘We Give a Shit’ cada integrante possui uma faixa solo : Edu K com o recorte de samplers em “Collectors Item” ; Castor Daudt com “Brain Washer” (uma homenagem à Syd Barrett) e Flávio Santos com “Smelly Bass”.

Formação

Edu K – guitarras/voz
Flávio Santos – baixo
Castor Daudt – bateria

Faixas

1 – We Give a Shit!
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
2 – Trash Man (Garbage Can Version)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
3 – Crucifixion Ballad (Jesus’ Dead)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
4 – I Hate That Mothafucka (She Sucks)
5 – A Deadly Rain Is Gonna Fall (A.I.D.S.)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
6 – Culture´s In The Time O´Dyin
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
7 – Collector´s Item
(Edu K)
8 – Death Corps Massacre (Dr. Fate Theme)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
9 – Clapton Killed Vaughn (Barry Said So)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
10 – The Law Jaw
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
11 – A Couple O Words
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
12 – Tasmanian Devil 2
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)
13 – Smelly Bass
(Flávio Santos)
14 – Brains Washer (Listen To The Bull)
(Castor Daudt)
15 We Stink Like Shit (N´How)
(Flávio Santos – Castor Daudt – Edu K)

Download:

 

https://mega.nz/#!M9wA1aTC!qACOLAWcBnNvu44WtOg6gEzZNZqg23W9hg-QP82QL38

 

 

Kingzobullshitbackinfulleffect92 – 1992

Kingzobullshit é o quinto álbum da banda gaúcha De Falla, lançado em 1992 pelo selo Cogumelo Records.
Considerado o registro mais experimental da banda, “Kingzo” consegue explorar o crossover do trabalho anterior (‘We Give a Shit’) e mistura-lo com baterias eletrônicas, samplers, percussão brasileira, pedais duplos, passagens em teclado, etc, passando pelo ragga, funk, hip-hop, samba até o hardcore e metal extremo.
O álbum marca o ápice e declínio comercial da banda visto que, ao mesmo tempo em que leva a banda ao ‘Hollywood Rock 93’ (para um público de aproximadamente 100 mil pessoas, abrindo para o Red Hot Chilli Peppers, Nirvana, L7 e Alice in Chains), culmina na saída do vocalista Edu K para sua carreira solo.
John Ulhoa, do Pato Fu, define a obra como “fenomenal”.

Faixas

Buy Dis (Edu K – Defalla)
Intro (Kingzobullshit92) (Edu K – Defalla)
Satisfaction (Fully Satisfied Mix) (Mick Jagger – Keith Richards)
Slaughthouse #3 (Bitches Home) (Edu K – Defalla)
Bitch (Edu K – Defalla)
Culo Fuck (In Full Effect)(Edu K – Defalla)
Friendz #1 (Edu K – Defalla)
Glauco Tattoo (Guarda do Embau/SC) (Edu K – Defalla)
Mony Mine (Edu K – Defalla)
Caminha (Q Aqui É de Osasco) (Gringo Jr. – Defalla)
Special Shout Out (Edu K – Defalla)
Mind Revolution (Edu K – Defalla)
Insane (Edu K – Defalla)
Wrote My Name (Edu K – Defalla)
Barker Meets Hendrix (Edu K – Defalla)
Slow Ride (Edu K – Defalla)
Zipp Zepp (Edu K – Defalla)
It´s Fuckin Borin'(Edu K – Defalla)
Friendz #2(Edu K – Defalla)
The End (Edu K – Defalla)
No Problema! (Edu K – Defalla)
Freeze… Now Move (Edu K – Defalla)
Apoteozys (Edu K – Defalla)
Sossego (Tim Maia)

Formação:
Edu K (voz e guitarra);
Flávio Santos (baixo);
Castor Daudt (bateria);

4nazzo (guitarra).

Download:

https://mega.co.nz/#!EkBF0Rxa!Eq3BGG2lj57TaXTN0E3MVVkhzVsmLAyfS37R32f4MDY

Banda extremamente criativa e Mutante

Uma das minhas preferidas, atemporal.

Deixo vocês com o lássico Repelente numa versão ao vivo pra finada Tv Manchete