Geraldo Azevedo – 1977

Primeiro LP solo desse grande artista lançado em 1977 pela Som Livre.

Geraldo Azevedo,compositor, cantor e violonista pernambucano. Autodidata, aos 12 anos de idade já tocava violão. Iniciou sua trajetória musical quando, aos 18 anos, mudou-se para Recife a fim de estudar, onde conheceu Teca Calazans, cantora, Naná Vasconcelos, percussionista, Marcelo Melo e Toinho Alves que faziam parte do grupo folclórico “Construção” ao qual juntou-se.
Em 1967, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou com a cantora Eliana Pittman. Fundou o Quarteto Livre (com Naná Vasconcelos, Nelson Angelo e Franklin da flauta)  que acompanhou o cantor Geraldo Vandré em diversas apresentações. A cantora Eliana Pittman em 1968, gravou “Aquela rosa” composição de Geraldo Azevedo. No início da década de 70, junto com o também pernambucano Alceu Valença formou dupla, com a boa performance no Festival Universitário da TV Tupi com as composições “78 rotações” e “Planetário” a dupla chamou a atenção da gravadora Discos Copacabana e em 1972, lançou com Alceu Valença, seu primeiro LP com regências de Rogério Duprat.

geraldo azevedo

geraldo contra

1. Cadê Meu Carnaval
(Geraldo Azevedo)
2. Caravana
(Geraldo Azevedo / Alceu Valença)
Talismã
(Geraldo Azevedo / Alceu Valença)
Barcarola do São Francisco
(Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
”Correnteza”
3. Domingo de Pedra e Cal
(Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
4. Em Copacabana
(Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
5. Cravo Vermelho
(Carlos Fernando)
6. Fulô do Dia
(Carlos Fernando)
7. Juritis e Borboletas
(Geraldo Azevedo / Carlos Fernando)
8. Coração do Agreste
(Carlos Fernando / Geraldo Azevedo)

Créditos

Convidados especiais: Alceu Valença, Ivinho, Robertinho do Recife, Elba Ramalho e Terezinha de Jesus.
Arranjos de: Geraldo Azevedo (arranjo de base), Dory Caymmi (Orquestra de cordas) e Radamés Gnatalli (Orquestra).
Produzido por: Guto Graça Mello.
Músicos: Vocal: Geraldo Azevedo / Backing Vocals: Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Schangay (Xangay), Elba Ramalho, Soninha Burnier, Cybele, Terezinha de Jesus, Fabíola, e outros / Violão: Geraldo Azevedo / Guitarra: Robertinho do Recife & Ivinho (Ivson Wanderley) (“Ave Sangria”) / Violão de XII Cordas: Ivinho (Ivson Wanderley) (“Ave Sangria”) / Guitarra Portuguesa: Robertinho do Recife / Baixo acústico: Luiz Alves (“Som Imaginário”) / Baixo elétrico: Luizão / Flauta: Zé da Flauta & Ronaldo Medeiros / Sax: Nivaldo Ornellas / Bateria e percussão: Robertinho Silva, Chico Batera, Paulinho Braga, Israel Semente Proibida (“Ave Sangria”), Sérgio Mello, Nenê da Cuíca, Gordo (“A Barca do Sol”)…
Composições de: Geraldo Azevedo, Carlos Fernando, Pissica e Alceu Valença.
Arte da capa: Antônio Henrique Nitzsche e Ruth Freihof.
Fotos: Sebastião Barbosa

Um grande disco de estreia solo desse grande compositor e violonista após o disco em parceria com Alceu Valença em 1972 fez essa grande obra como sonoridade misturando samba, folk nordestino, baião e alguns toques psicodélicos graças as guitarras de 2 mitos do movimento Udigrudi, Ivinho do Ave Sangria e Robertinho do Recife.

Fora eles participa uma constelação de músicos de primeira linha como integrantes do Som Imaginário e Dori Caymmi no arranjos de orquestra.

Canções lindas com letras poéticas muito ricas.

Download:

 

https://mega.nz/#!BxxWXAKI!EzGnXvQnRIucEZWt4bMpQbbdj8b5hTXkw3xRQL_t-xU

 

 

Domingo de Pedra e Cal

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s