Equipe Mercado – Psicodelia Experimental

Banda que você raramente irá encontrar na net.

Grupo de rock formado por Diana (voz), Leugruber (guitarra), Ricardo Ginsburg (guitarra), Stul (violão, baixo, piano e voz), Carlos Graça (bateria) e Ronaldo Periassu (percussão) em 1970 na cidade do Rio de Janeiro, tendo como influência maior o rock psicodélico dos anos 60.

Lançou em 1971 um compacto simples com as músicas “Os campos de arroz” e “Side b rock”, encerrando suas atividades no ano seguinte, e apenas dois compactos simples, o que soma um conjunto de apenas cinco músicas. E uma participação no LP “Posições”

Afora os Mutantes, a história do rock psicodélico brasileiro da virada dos 60 para os 70 é muito mal contada. Não que seja uma história extensa, longe disso, mas ainda assim ela contém algumas pérolas inacreditavelmente pouco conhecidas, quando não totalmente obscuras. A Equipe Mercado é uma dessas. De mais significativo no mercado discográfico, apenas a participação com “Marina Belair” na mítica coletânea Posições, junto com Módulo Mil, Som Imaginário e A Tribo, em 1971. Além dessa faixa, apenas dois compactos simples, o que soma um conjunto de apenas cinco músicas. “Mary K no Esgoto das Maravilhas” é uma estonteante faixa de teatro musical aditivado, Broadway com LSD. Se a parte de musical corresponde à parte palatável da melodia, grudenta até não mais poder, a parte aditivada corresponde à confusão entre as duas vozes, às intervenções incidentais (há um “bye bye blackbird” repetido à exaustão num dado momento), a todas as mudanças de andamento e acompanhamento, mas principalmente pela doidivanas letra da canção, que começa com “My name is Mary K, noiva da américa/ruiva de Robin Holly Wood/A ruiva noite noiva of Mary Pickford/A piquenique noiva de Douglas Fairbanks”. Em matéria de irreverência, a canção é do nível das coisas mais irônicas dos Mutantes, como “Meu Refrigerador Não Funciona” ou a versão debochada de “Chão de Estrelas”. Mas o pique da Equipe Mercado é outro, e não se presta tanto a comparações. “Mary K no Esgoto das Maravilhas” é o amor por uma doce sabotagem da cultura pop americana (“This is the end, Mary Pickford, isso significa: acabou”) em seu próprio terreno de encantamento, as canções melosas de musical que se transformam em delírios esquizos e dissonantes. É um pouco o mesmo charme de Uma Mulher É uma Mulher de Godard, a fofura do gênero e seu making of brechtiano. Uma música e um grupo criminosamente esquecidos da música brasileira (apenas 360 audições na lastfm até o momento, NENHUMA foto disponível na internet, daí a ausência de imagem nessa postagem), mas acima de tudo uma deliciosa brincadeira levada a sério que nos carrega em sua molecagem. (Ruy Gardnier)

Fonte – http://camarilhadosquatro.wordpress.com

Quer saber mais, site da Diana com toda a historia dela e da banda

http://www.dianadasha.com

Fiz uma coletânea com todas as musicas deles e as 2 musicas do compacto Diana & Stull, (pos equipe mercado) de um compacto de 1972 somando 7 faixas altamente doidonas e belas.

eaquipe mercado

1 – Campos de arroz

2- Side B Rock

3- Marina Belair

4- Poesonscópio de Mil Novecentos e Quarenta e Quinze

5- Mary K no Esgoto das Maravilhas

6- Diana & Stull – Ai Que Dor

7 – Diana & Stull –Não É Preciso Correr

8 – Diana Strella – Me toque, me toque, toque, toque (do LP Rock Horror Show – 1975)

Download:

 

 

https://mega.nz/#!Ygp13AoK!tmnBULOsDnvCfEsrMK0yTo_9eApUexAW1js13IOpEAc

 

equipe emrcado 2

equipe mercado 3

Marina Belair

Enjoy

2 comentários sobre “Equipe Mercado – Psicodelia Experimental

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s